Follow EEC blog by Email - Seguir o Blog da EEC via email

Acessos ao Blog da EEC

ENDODONTIA MODERNA OBJETIVANDO RESULTADOS CLÍNICOS

ENDODONTIA MODERNA OBJETIVANDO RESULTADOS CLÍNICOS
EEC

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Caso Clínico Antônio Henrique Braitt

Paciente com 86 anos. Lesão periapical rompendo as tábuas ósseas vestibular e palatina. Após 3 meses já se nota, pela tomografia, regeneração.
Abraço
Braitt

Clique nas Imagens para ampliar:




domingo, 27 de fevereiro de 2011

Professores Confirmados para o 3o Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Endodontia - 03 a 05 de nov 2011

Professor confirmado:

Professor Dr. Ruy Hizatugu
- Especialista em Endodontia - FOP Unicamp
- Especialista em Biologia Celular e Histologia - Escola Paulista de Medicina
- Livre Docente em Endodontia - Universidade Gama Filho

Professores Confirmados para o 3o Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Endodontia - 03 a 05 de nov 2011

Professor confirmado:

Prof. Dr. Manoel Eduardo de Lima Machado
- Especialista, Mestre, Doutor e Livre Docente em Endodontia pela FOUSP
- Professor Associado da Disciplina de Endodontia e dos cursos de Mestrado e --- Doutorado da FOUSP
- Professor do Curso de Especialização em Endodontia pela Academia Brasileira de Medicina Militar e HGeSP
- Professor Convidado da University of Harvard School of Dental Medicine
- Autor do livros “Endodontia da Biologia a Técnica” e "Urgências em Endodonrtia Bases Biológicas Clínicas e Sistêmicas"

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

VOTE: Últimos dias para sugerir temas a serem abordados durante o 3o Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Endodontia!

O que vc gostaria de assistir durante o Congresso da SBEndo - Sociedade Brasileira de Endodontia no período de 3 a 4 de novembro de 2011?

VOTE NO ÍNICIO DO BLOG!!!!

Instr. Rotatória
  129 (47%)
Microscopia Operatória
  89 (32%)
Pinos de Fibra
  62 (22%)
Obturação: Novas Técnicas e Materiais
  110 (40%)
Retratamento: Novos Conceitos
  118 (43%)
Tendências da Irrigação 3D
  65 (24%)
Instr. Alternada
  54 (20%)
Diagnóstico em Endodontia
  77 (28%)
Patência ou Ampliação Foraminal: Novos Parâmetros
  94 (34%)
Tomografia Aplicada
  64 (23%)
Gerenciamento de Consultório / Marketing
  69 (25%)
Laser
  58 (21%)
Novas Tecnologias
  92 (34%)
Radiografia Digital
  77 (28%)
Selamento Coronário
  48 (17%)

Professores Confirmados para o 3o Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Endodontia - 03 a 05 de nov 2011

Professor confirmado:

Prof. Dr. Mario Roberto Leonardo
- Professor Colaborador da Universidade de São Paulo
- Publicou cerca de 120 artigos em periódicos
- Possui 10 livros publicados no Brasil e no exterior e 21 capítulos de livros.
- Possui mais de 130 itens de produção técnica

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Prof. Carlos E. Silveira Bueno representando a EEC no CONOR 2011 - Congresso Nordestino de Ciências Odontológicas

Clique abaixo para acessar a Programação do Evento:

JOE MARCH 2011 - Residual and Antimicrobial Activity of Final Irrigation Protocols on Enterococcus Faecalis Biofilm in Dentin

Residual and Antimicrobial Activity of Final Irrigation
Protocols on Enterococcus Faecalis Biofilm in Dentin
Pilar Baca, DDS, MD, PhD,* Pilar Junco, DDS, MD, PhD,* Marıa Teresa Arias-Moliz, DDS, PhD,
Marıa Paloma Gonzalez-Rodrıguez, DDS, PhD,* and Carmen Marıa Ferrer-Luque, DDS, MD, PhD*


Introduction: 
The use of root canal irrigating solutions exerting antimicrobial activity and prolonged residual activity is desirable in order to control dentin infection and delay reinfection of the root canal. The aim of this study was to evaluate the residual antimicrobial activity and the capacity to eradicate Enterococcus faecalis biofilm of different irrigating solutions, alone and in combination, in a dentin-volumetric test. 

Methods: 
Solutions of 2.5% sodium hypochlorite (NaOCl), 2% chlorhexidine (CHX), 0.2% cetrimide (CTR), 17% ethyl- endiaminetetraacetic (EDTA), 7% maleic acid (MA), and regimens of 2.5% NaOCl followed by 17% EDTA or 7% MA and 0.2% CTR or 2% CHX were used to deter- mine their residual activity by exposing treated dentin blocks to E. faecalis for 24 hours. Antimicrobial activity was assayed on 3-week biofilm formed on dentin blocks. Results of residual activity and antimicrobial activity were respectively expressed as the inhibition percentage of biofilm formation and the kill percentage of biofilm. 

Results: 
A 2% CHX and 0.2% CTR solution showed 100% biofilm inhibition; 2.5% NaOCl showed the lowest residual activity (18.10%). The kill percentage of 2.5% NaOCl and 0.2% CTR was 100% followed by 7% MA and 2% CHX, whereas 17% EDTA was the least effective (44%). Solutions of 7% MA or 17% EDTA followed by 0.2% CTR or 2% CHX showed 100% residual and antimicrobial activity. 

Conclusions: 
A 0.2% CTR solution alone and the combinations in which 2% CHX or 0.2% CTR was the final irrigating solution achieved the maximum residual and antimicrobial activity. 

(J Endod 2011;37:363–366)

Key Words
Biofilms, cetrimide, chlorhexidine, EDTA, Entero- coccus faecalis, maleic acid, sodium hypochlorite

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Professores Confirmados para o 3o Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Endodontia - 03 a 05 de nov 2011

Professor confirmado:

Prof. Dr. Gustavo de Deus
- Editor Associado do International Endodontc Journal
- Especialista em Endodontia – UERJ
...- Mestre em Engenharia de Materiais – PUC-Rio
- Doutor em Endodontia – UERJ
- Prof. Graduação e do Mestrado da Universidade Veiga de Almeida - UVA
- Prof. Adjunto de Endodontia da Universidade Federal Fluminense - UFF
- Autor de mais de 50 trabalhos internacionais publicados
Ver mais

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Locating the MB2 Canal in a Maxillary Molar /Em busca do Canal MV2 em Molares Superiores / Caso de Retratamento - Prof. Carlos E. Silveira Bueno

Retratamento Endodôntico 26
Prof. Carlos E. Silveira Bueno
Paciente passou por 2 tratamentos e teve edema na reião do MV. Após análise por microscopia pode-se achar o 4o. canal, com mudança na forma de acesso.





segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

domingo, 20 de fevereiro de 2011

AAE - Anual Session 2011 April 13-16 / American Association of Endodontists


http://www.aae.org/annualsession/

Término da Turma de Mestrado da Equipe de Endodontia de Campinas - 18/02/2010

No último dia 18 de fevereiro mais uma turma de Mestrado em Endodontia da EEC chegou
ao fim e, com muita alegria,  alunos e professores presentes realizaram uma inesquecível confraternização.










sábado, 19 de fevereiro de 2011

Qual motorpara sistema rotatório comprar!?

Boa noite !
Gostaria de saber a opinião dos colegas pois gostaria de investir em um motor para utilizar sistemas rotatórios.
Não sei se é possível falarmos em marcas, mas quais são os recursos que no mínimo ele precisa ter?
Gostaria de poder utilizar diferentes marcas de limas rotatórias e por isso ainda estou em dúvida em que equipamento comprar.
Aguardo opiniões
Juliana C Souza Guimarães (Londrina-PR)

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Palestra da Equipe de Endodontia de Campinas em Poços de Caldas - 12/02/2011

 Curso em Poços de Caldas-MG na Escola Santa Rosa à convite do Prof. Ms.Marcelo Bertocco.
Endodontia - Urgências e Emergências
Limpeza, MOdelagem e Obturação 3D do Sistema de Canais Radiculares


terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

JOE FEBRUARY 2011 - A High-resolution Computed Tomographic Study of Changes in Root Canal Isthmus Area by Instrumentation and Root Filling

Unni Endal, DDS,* Ya Shen, DDS, PhD,#Arving Knut, DDS,* Yuan Gao, DDS, PhD,and Markus Haapasalo, DDS, PhD

Introduction: 
The aim of this study was to obtain a three-dimensional analysis of the isthmus area of the mesiobuccal root canal system in mandibular molars using high-resolution micro–computed tomography (m-CT) scanning and to measure the amount of debris and root filling material in the isthmus after instrumenta- tion/irrigation and root filling. 

Methods: 
Mandibular molars with two separated mesial root canals (10 teeth) were scanned by using the Skyscan 1172 m-CT system (Skyscan, Aartselaar, Belgium) before and after instru- mentation and after filling using the Thermafil root filling technique. An isthmus was defined as the ribbon-shaped or thin connecting structure between two root canals after instrumentation. The characteris- tics of the isthmuses were quantitatively monitored during the whole treatment. The images were segmented and quantified. The surface area of the isthmus, volume of debris after rotary instrumentation, and volume of the filled space in the isthmus after obturation were evaluated. 

Results: 
Of the seven mesial roots, two had isthmus/anastomoses somewhere along its length in the apical 5 mm, and five had an isthmus that was continuous all the way from the coronal part to the apical part. The average percentage of isthmus surface area and isthmus volume after instrumentation was 21.4% and 9.4% of the whole root canal system, respectively. About 35.2% of the isthmus volume was filled with apparent hard tissue debris after instrumenta- tion/irrigation. The average percentage of volume of filling material in the isthmus areas was significantly lower (57.5%) than in the main root canals (98.5%, p < 0.001). 

Conclusions: 
A considerable amount of dentin debris is produced and packed into the isthmus area during rotary instrumentation of mesial canals of lower molars despite continuous irrigation during and after instrumentation. The debris may partly prevent penetration of the filling material and sealer into the isthmus area. 

Key Words
Debris, isthmus, instrumentation, micro–computed tomography scanning, root filling


(J Endod 2011;37:223–227)

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Defesa da Dissertação de Mestrado em Endodontia da São Leopoldo Mandic / Equipe de Endodontia de Campinas - Aluna Andressa Salles Pais

No último dia 10 de fevereiro a aluna e também Profa. Andressa S. Pais esteve na São Leopoldo Mandic Campinas para a defesa de sua dissertação de mestrado. Participaram de sua banca  Prof. Carlos Eduardo da Silveira Bueno (orientador), Prof. Rodrigo Sanches Cunha e Prof. Eudes Gondim.




INFLUÊNCIA DA FLUORESCEÍNA SÓDICA NA LOCALIZAÇÃO DE CANAIS EM PRIMEIROS MOLARES SUPERIORES EX VIVO COM O AUXÍLIO DO MICROSCÓPIO OPERATÓRIO ACOPLADO A UM FILTRO AZUL DE COBALTO

Resumo: 
O microscópio operatório com seu potencial de magnificação e iluminação visual aumenta a possibilidade de localizar canais radiculares. A fluoresceína sódica 1% é um colírio oftálmico que possibilita corar estruturas orgânicas de forma verde fluorescente desde que seja observada em filtro de luz azul. O objetivo deste estudo foi verificar a possibilidade de aumento do número de canais localizados utilizando fluoresceína sódica 1% no assoalho da câmara pulpar de 40 molares superiores com o auxílio do microscópio operatório acrescido de um filtro azul de cobalto. Três avaliadores, especialistas em endodontia, analisaram os três grupos de forma sequencial e constituídos pelas mesmas unidades experimentais. Grupo 1: irrigação da câmara pulpar com hipoclorito de sódio 2,5%, localização dos canais, iluminação do refletor e sonda reta; Grupo 2: irrigação da câmara pulpar com hipoclorito de sódio 2,5%, localização dos canais com o microscópio operatório (12,5 X) e sonda reta; Grupo 3: irrigação da câmara pulpar 2,5%, além da irrigação final com álcool isopropílico, secagem e inserção de duas gotas de fluoresceína sódica 1% por dois minutos, aspiração, lavagem com água da seringa tríplice, secagem do assoalho e localização dos canais. Os resultados foram analisados estatisticamente através do teste Tukey (p<0.0001) e demonstraram que o Grupo 3 apresentou média significante maior (3,95) que o Grupo 1 (3,60) e Grupo 2 (3,72). Concluiu-se que a fluoresceína sódica 1% em conjunto ao microscópio operatório acoplado a um filtro azul de cobalto promoveu um aumento na localização de canais radiculares em primeiros molares superiores.
Palavras-chave: Canais radiculares. Corante fluoresceína sódica 1%. Microscópio operatório. Primeiro molar superior.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Dúvida de Diagnóstico em Caso indicado para Retratamento Endodôntico

Bom dia Amigos da Equipe de Endodontia de Campinas!

Encaminho o rx abaixo para avaliação dos colegas pois estou em dúvida quanto ao caso. 
  • Paciente relata dor ao quente nesse dente (46)
  • Leve dor a percussão vertical
  • Tratamento Realizado há uns 3-4 anos
  • dente 45 com cárie proximal distal

Pela qualidade do tratamento anterior indica-se um retratamento em vista da presença de uma lesão periapical  na raíz mesial. 

Será que existe a possibildade de um canal não ter sido encontrado nesse dente e, por isso, a dor ao quente?

Agradeço a atenção do colegas e espero opiniões.
Obrigado
Juliano Marchesin Olegário (Florianópolis-SC)

Caso Clínico de Cirurgia Paraendodôntica dos Alunos de Especialização em Endodontia da EEC - Heloisa W. Souza e Lilian Coelho

Cirurgia Paraendodôntica do Dente 11
Localização da Região Periapical do elemento 11 com Cimpat sobre Osso Vestibular
Rx após Cirurgia

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Caso Clínico do Aluno de Especialização em Endodontia - Paulo Rubens Vieira de Aguiar

Tratamento Endodôntico do Elemento 26
Sessão Única
Instrumentação com Sistema Protaper
Obturação com Técnica Híbrida de Tagger



quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Caso Clínico realizado pela Equipe de Endodontia de Campinas durante o CIOSP 2011/ Pinos de Fibra de Vidro: Como realizar o procedimento adesivo de forma correta.

Workshop 31/01/2011 

Prof. Carlos E. Silveira Bueno / Prof. Alexandre Sigrist / Prof. Rodrigo Sanches Cunha





Acompanhe o Facebook da Equipe de Endodontia de Campinas!

Clique para acompanhar:
http://www.facebook.com/profile.php?id=100001164158719


  • Informações sobre Cursos
  • Congressos: 3o Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Endodontia
  • Casos
  • Fotos

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA DA EEC - VILA VELHA

ESPECIALIZAÇÃO EM ENDODONTIA - VILA VELHA
Curso reconhecido pelo MEC e CFO
Inscrições abertas
Coordenação Geral
Minicurrículo do Coordenador
Especialista, Mestre e Doutor em Endodontia pela F.O.P.? UNICAMP, com mais de 21 anos de experiência clínica na área de endodontia;
Idealizador e coordenador da Equipe de Endodontia de Campinas, desde 1996;
Prof. Titular de Endodontia da São Leopoldo Mandic e da PUC-Campinas;
Ministrou mais de 100 cursos em congressos, e publicou artigos científicos em revistas nacionais e internacionais, inclusive Journal of Endodontics,  International Endodontic Journal e TriOral;
Revisor científico da revista da APCD;
Atua na São Leopoldo Mandic há mais de 10 anos como professor do programa de pós-graduação com orientados em todos os níveis.

Corpo Docente
Profª. Andressa Pais
Mestrado em Endodontia
Prof. Carlos Eduardo FontanaMestre em Endodontia
Prof. Felipe Davini
Mestre em Endodontia


Curso
Natureza: Teórica-Prática-ClínicaDuração: 24 mesesPeriodicidade: MensalInício: Março/2011Horário: Das 8h às 18h
Investimento
Matrícula: R$ 400,00Mensalidade: 24x R$ 860,00 ou 30x R$ 699,00
Descontos concedidos
  • Desconto de 10% sobre as mensalidades para ex-alunos do Centro de Pesquisas Odontológicas São Leopoldo Mandic de Campinas e Unidades de Brasília, Rio de Janeiro, Fortaleza, Belo Horizonte, Itapetininga, Chapecó, Jundiaí, Araçatuba, Porto Alegre e Vila Velha, com exceção daqueles que fizeram cursos com módulo único.
  • Para alunos regularmente matriculados em dois ou mais cursos, será concedido 5% de desconto sobre cada mensalidade a partir do início do segundo curso.
  • Os descontos não serão concedidos para as matrículas e não são cumulativos, bem como não são válidos para cursos de módulo único. 
     
    Para solicitar qualquer um dos benefícios acima, o interessado deve preencher um requerimento no departamento financeiro até o primeiro dia de aula.
    Os pagamentos deverão ser efetuados por meio de cheques pré-datados. Os vencimentos ocorrem nos dias 10 de cada mês. 
Programação resumida
  • Endodontia atual e suas tendências;
  • Microscopia clínica;
  • Medicação Intracanal e Sistêmica;
  • Uso de localizadores foraminais;
  • Fotografia e filmagem;
  • Preparo do canal: convencionais e utilização dos sistemas rotatórios; 
  • Patologia pulpar e periapical;
  • Cirurgia de acesso;
  • Irrigação-3D;
  • Obturação do Sistema de Canais Radiculares: frio, termoplastificada e Resilon;
  • Reparação pós-tratamento endodôntico e proservação em Endodontia;
  • Imagenologia aplicada a Endodontia (Tomografia Computadorizada);
  • Restauração de dentes tratados endodonticamente;
  • Microinfiltração coronária; 
  • Retentores intrarradiculares;
  • Pinos Pré-fabricados;
  • Clareamento Interno e Externo;
  • Desmistificando o retratamento endodôntico;
  • Remoção de pinos intrarradiculares;
  • Ultra-som em endodontia; 
  • Traumatismo Dental;
  • Reabsorções dentais;
  • Tratamento das rizogêneses incompletas; 
  • Fraturas dentais; 
  • Relação Endodontia-Ortodontia e Relação Endodontia-Periodontia; 
  • Microcirurgia paraendodôntica; 
  • Resolução de casos complexos em endodontia ? desvios, perfurações, calcificações e instrumentos fraturados;  
  • Workshops; 
  • Hands-On; 
  • Clínica efetiva na área de endodontia.
Para saber mais sobre os procedimentos de seleção e matrícula, clique aqui.

SÃO LEOPOLDO MANDIC
Unidade Vila Velha
End.: Rua Santa Cruz, 370 - 3º andar
Ed. Shopping Mar - Glória
Vila Velha - ES
(27) 3340-4335 / (27) 3289-2572
  Central de Atendimento: 0800 702 99 21  E-mail: faleconosco@slmandic.edu.br